Total de visualizações de página

GABARITE PROCESSO CIVIL NA OAB

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

OS MELHORES LIVROS!




REDE GLOBO NA POLÊMICA DO EXAME DA OAB 2010.3

Meus caro leitores, esse exame já está saindo do controle da Ordem dos Advogados do Brasil, está alcançando proporções desconhecida da Instituição.



Depois de inúmeras denúncias, a Rede Globo vem publicando matéria em seu site sobre o assunto, com entrevista dos professores do LFG eles condenam a organizadora por desrespeitar o provimento editado e aprovado pela própria Ordem dos Advogados.

Eles propõem bonificar todos os alunos com 5 pontos, assim ninguém se prejudica pela omissão da empresa organizadora que infelizmente só piora a situação com a tese que tem questões de Direitos Humanos na prova, mesmo depois da própria apontando o erro ao emitir gabarito e informar o número de questões e suas respectivas matérias.



Aqui a FGV se entrega, pois não apresentava questões de Direito Humanos logo em seguida incrivelmente desapareceu o referido campo com essas informações, agora vem o secretário da OAB defender a FGV e só piora a situação ao informar que na prova havia questões de Direitos Humanos espalhada pela prova e ele aponta questões que tratam de direitos fundamentais, assim ele não precisava apontar as 5 questões, bastava falar que as 100 questões são de Direito Fundamentais.



Nesse momento a OAB vem defender a FGV, mas só piora a situação, pois Direitos Humanos e Direitos Fundamentais não podem ser sinônimos um é muito mais extenso que o outro e como se fosse um lago no oceano.

Mas aguardem, pois há um movimento que estão organizando em São Paulo e Rio de Janeiro e parece que a Record que adora esse tipo de reportagem vai acompanhar a manifestação, algo que a Ordem dos Advogados não gosta está acontecendo é chamar atenção, quando o assunto é Exame da OAB que existem diversos projetos de lei para acabar com essa prova, mas sempre é barrado em algum lugar no congresso.

Mas enfim acompanhe esses movimentos, pois eles poderão forçar a OAB conceder o tão sonhado 5 pontos que você tanto precisa, e além das questões que não tem como não ser canceladas.

Leia na íntegra a reportagem na GLOBO.


Não se esqueça de recorrer das questões polêmicas





Deixe o seu comentário, esse espaço é só seu e de mais ninguém USE E ABUSE!

RECURSO CONTRA EXAME DA OAB, COMO ELABORAR?

Pessoal, foi divulgada a lista preliminar dos aprovados nesta quarta feira, esse exame está muito polêmico, ainda não é hora para chorar até para quem acertou 47 questões, se a banca examinadora fosse justa e leal com a legislação, acreditamos que até quem acertou 45 questões teria chance, mas a FGV está irredutível e a OAB diz que confia na organizadora que infelizmente só decepcionou.


Então agora é elencar as questões mais divergentes que há espalhadas pelos artigos de nossa autoria http://www.osabetudo.com/exame-da-oab-2010-3-recursos-ja/ e http://www.osabetudo.com/exame-da-oab-2010-3-primeiras-impressoes/ ambos os artigos tem comentários espalhados de vários examinados com teses robustas e concisas.

Importante salientar que quanto maior o número de recurso sobre a mesma questão melhor, essa questão tem mais chance de ser cancelada.

Portanto planeje com calma seus recursos, avalie bem as questões e procure ser o mais objetivo possível, não fique enrolando com teses prolixas, aponte está questão está errada, pois alternativa correta é a opção X com base no artigo X da lei X que fundamenta a referida resposta, portanto a alternativa apontada no gabarito está incorreta, pois não está conforme os ditames legais, enfim requer o recorrente que a presente questão seja anulada assim concedendo mais 1 ponto ao Recorrente, aguardamos o bom senso da presente banca.

Acima é apenas um exemplo, de como você deve ser objetivo, há comentários que a banca não ler os recursos, então não faça àquela fundamentação com base nos princípios de Aristóteles e companhia, é importante que centenas de pessoas tenham a mesma tese que você, assim a FGV irá pensar, calma todo mundo está apontando a mesma questão com a mesma fundamentação há algo de errado, aí pede para corrigi-la encontrando o erro é cancelada.

Sabemos que é triste essa notícia, o fato que não leiam o seu recurso, mas é verdade, prova disso foi o exame passado que a banca informou que nenhuma questão seria anulada pela organizadora, mas só liberou a fundamentação dos recursos alguns dias depois, fica a pergunta no ar, se corrigiram todas os recursos, porque não liberaram de imediato a fundamentação da recusa do pedido???? Ninguém soube explicar



Última dica, não faça gol contra, não copie recurso, encontre teses nos artigos acima referidos, consulte os cursinho e com essas teses você fundamentará o seu recurso, a fundamentação pode e deve ser repetitiva, a final quanto maior o número de reclamação sobre a mesma questão e fundamentação mais atenção chamará. Portanto não copie modelo algum verifique as questões polêmicas aponte a opção correta e sua fundamentação com suas palavras e pleiteie o seu cancelamento e o respectivo ponto. Fácil não é?

Comente esse artigo, vamos direto ao ao ponto, a questão que está errada e a tese que sustenta tal afirmação, isso ajudará os demais internautas nas teses de seus recursos. Boa sorte para todos!

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

OAB 2010.3 COMEÇA CORREÇÃO DAS PROVAS!

Pessoal, quem acertou 49 questões já pode começar a pular de alegria, agora a pouco a OAB emitiu o seguinte comunicado:



COMUNICADO

A Fundação Getulio Vargas comunica a todos os interessados que nesta data foi

republicado o gabarito preliminar da prova objetiva (1ª fase) do Exame de Ordem

2010.3, em face de erro material em alternativa apontada como a correta para uma

das questões integrantes da prova. Abaixo, informa-se o gabarito correto da referida

questão e suas respectivas correspondências em cada tipo de caderno de provas,

sendo só que se havia a retificar:

Tipo/cor da prova Nº. da questão Gabarito correto

Tipo 1 – Branca 72 C

Tipo 2 – Verde 75 D

Tipo 3 – Amarelo 69 A

Tipo 4 – Azul 70 D



Por se tratar de mero erro material, factível e sanável a qualquer tempo, até porque as

provas ainda não foram corrigidas, a FGV afirma que as provas serão corrigidas com

base nesse gabarito republicado, já disponível no site http://oab.fgv.br e que deve ser

considerado pelos examinandos para todos os efeitos.

Veja abaixo a redação da questão corrigida, atenção não foi cancelada e sim corrigido um erro material, que afetava uma parcelas dos examinados que apontaram alternativa correta, mas a banca ignorou e agora aponta o erro material e corrige o gabarito leia a questão corrigida:



Relativamente à alteração do contrato de trabalho, é correto afirmar que
(A)
é considerada alteração unilateral vedada em lei a determinação ao empregador para que o empregado com mais de dez anos na função reverta ao cargo efetivo.


(B)

o empregador pode, sem a anuência do empregado exercente de cargo de confiança, transferi-lo, com mudança de domicílio, para localidade diversa da que resultar do contrato, independentemente de real necessidade do serviço.


(C)

O empregador pode, sem a anuência do empregado cujo contrato tenha como condição, implícita ou explícita, transferi-lo, com mudança de domicílio, para localidade diversa da que resultar do contrato, no caso de real necessidade do serviço. RESPOSTA CORRETA


(D)

o adicional de 25% é devido nas transferências provisórias e definitivas.





Enfim, quem acertou 49 questões e marcaram a alternativa acima como correta, parabéns agora você faz parte do grupo dos aprovados.

A FGV, já está iniciando a força tarefa limpando minha sujeira, você não pode perder os próximos capítulos dessa emocionante história.



Próximo capítulo, OAB terá que acrescentaram 5 questões para cada examinando, pois não foi respeitado o provimento, suprimiram da prova questões de Direitos Humanos e foi elaborada apenas 8 questões de ética o provimento fixa em 10 questões, mas esse será o próximo capítulo.

Até lá.

E aí meus amigos acertaram a questão? Comente conosco!

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

EXAME DA OAB 2010.3 RECURSOS

Pessoal, não é hora para chorar você tem que lutar até o último minuto, portanto, vamos recorrer, questões é o que não falta para você apontar como incorreta tem algumas questões que são simplesmente absurdas, a FGV tem que cancelar, pois não é um erro conceitual, mas sim material questão que afrontam letra da lei simplesmente ignorou a legislação.



Preferimos acreditar que foi um erro de digitação do gabarito, então pessoal todos apontar fogo, mande bala nessa questão não importa se falta 5 ou 1 lute pela sua resposta, pelo seu conhecimento.





Abaixo vamos apontar algumas questões simplesmente absurdas, isso não deveria acontecer principalmente partindo da FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS que tem fama de excelência, mas enfim segue algumas questões que não tem o que falar:



Inicia prazo para Recurso dia 25/02



Vamos usar a prova amarela como exemplo, mas lembre-se essas questões estão em todas as provas!

PROVA AMARELA – QUESTÃO 100


100

Em sua primeira viagem com seu carro zero quilômetro,

Joaquim, fechado por outro veículo, precisa dar uma freada

brusca para evitar um acidente. O freio não funciona, o que

leva Joaquim, transtornado, a jogar o carro para o

acostamento e, em seguida, abandonar a estrada. Felizmente,

nenhum dano material ou físico acontece ao carro nem ao

motorista, que, muito abalado, mal consegue acessar seu

celular para pedir auxílio. Com a ajuda de moradores locais, se

recupera do imenso susto e entra em contato com seus

familiares.

Na qualidade de advogado de Joaquim, qual seria a

orientação correta a ser dada em relação às providências

cabíveis?



(A) Propositura de ação de responsabilidade civil pelo fato

do produto em face da concessionária que vendeu o

veículo a Joaquim.

(B) Propositura de ação de responsabilidade civil pelo vício

do produto em face do fabricante e da concessionária, RESPOSTA DE ACORDO COM A LEI CDC ART.18

uma vez que a responsabilidade é solidária.

(C) Não há ação a ser proposta porque não houve dano.

(D) Propositura de ação de responsabilidade civil pelo fato

do produto em face do fabricante do veículo. GABARITO OAB


O artigo 18 da lei 8078/90 assim dispõe:



Art. 18. Os fornecedores de produtos de consumo duráveis ou não duráveis respondem solidariamente pelos vícios de qualidade ou quantidade que os tornem impróprios ou inadequados ao consumo a que se destinam ou lhes diminuam o valor, assim como por aqueles decorrentes da disparidade, com as indicações constantes do recipiente, da embalagem, rotulagem ou mensagem publicitária, respeitadas as variações decorrentes de sua natureza, podendo o consumidor exigir a substituição das partes viciadas.



Com base no referido artigo, a concessionária tem responsabilidade sobre o automóvel vendido esse é um produto durável assim quem fornece é concessionária, com o defeito no freio, o carro se torna impróprio para a sua utilização,dessa forma há uma solidariedade entre fábrica e concessionária. Resposta que chega mais próximo do correto com base na lei é a alternativa B.



Para FGV, a resposta correta é a D, para eles a concessionária que é responsável diretamente pelo produto vendido não tem nada a ver com a relação de consumo entre o proprietário do automóvel e o fabricante, uma posição no mínimo absurda você não acha?



Agora Direito Tributário QUESTÃO 84



Nos autos de uma ação de divórcio, os ex-cônjuges, casados

em regime de comunhão total de bens, dividiram o

patrimônio total existente da seguinte maneira: o imóvel

situado no Município X, no valor de R$ 50.000,00, pertencerá

ao ex-marido, enquanto o imóvel situado no Município Y, no

valor de R$ 30.000,00, pertencerá à ex-esposa.

Assinale a alternativa correta quanto à tributação incidente

nessa partilha.


(A) O tributo a ser recolhido será o ITBI, de competência

do Município, e incidirá sobre a base de cálculo no

valor de R$ 10.000,00.



(B) Não há tributo a ser recolhido, pois, como o regime de

casamento era o da comunhão total de bens, não há

transferência de bens, mas simples repartição do

patrimônio comum de cada ex-cônjuge.



(C) O tributo a ser recolhido será o ITCMD, de

competência do Estado, e incidirá sobre a base de

cálculo no valor de R$ 10.000,00. GABARITO OAB - FGV



(D) O tributo a ser recolhido será o ITBI, sobre ambos os

imóveis, cada qual para o município de localização do

bem. RESPOSTA CORRETA COM BASE NA CF ARTIGO 156

Erro clássico da famosa FGV, é realmente um abuso dessa instituição que tem fama de excelente qualidade, que decepção.



A constituição em seu artigo 156 inciso II deixa claro:



Art. 156. Compete aos Municípios instituir impostos sobre:

II - transmissão "inter vivos", a qualquer título, por ato oneroso, de bens imóveis, por natureza ou acessão física, e de direitos reais sobre imóveis, exceto os de garantia, bem como cessão de direitos a sua aquisição;

A questão é bem clara estamos diante de uma partilha de bens de um divórcio, ou seja, ato praticado entre duas pessoas “INTER VIVOS” “ATO ONEROSO” “BENS IMÓVEIS” DIREITOS REAIS SOBRE IMÓVEIS”a questão até ajuda ao mencionar que o imóvel está situado no município X, assim ajudando chegar ao ITBI que compete ao município.



Agora a ilustre FGV entende que deve ser pago ITCMD uma ignorância fora de sério, minha gente, conforme artigo 155 inciso I da CF.



Art. 155. Compete aos Estados e ao Distrito Federal instituir impostos sobre

I - transmissão causa mortis e doação, de quaisquer bens ou direitos

“TRANSMISSÃO CAUSA MORTIS” = HERANÇA, INVENTÁRIO, PARTILHA DOS BENS AOS HERDEIROS

Imposto de transmissão causa mortis e doação (ITCMD), é um de competência estadual, devido por toda pessoa física ou jurídica que receber bens ou direitos como herança, diferença de partilha.


Se a transmissão for referente a herança (causa-morte) ou quando for decorrente de doação. Nesses casos será cobrado ITCMD pela Fazenda Pública Estadual.


Em nenhum momento a questão abordou morte de nenhum dos cônjuges, eles pode está querendo um matar o outro mas isso não aconteceu, assim o examinador fixou a palavra partilha e lembrou de inventário aí teve a infelicidade de assinalar a questão C.

Melhor acreditar que ocorreu erro de digitação do gabarito rsrsr esse erro é primário.


Vamos para mais uma, essa prova é uma verdadeira aberração acadêmica parece um cardápio onde você pode escolher qual questão irá comentar
Acreditamos que essas duas questões não há discussão se você errou as três ou uma ou duas não perca tempo coloque na sua lista de recursos.
Tem mais questões para ser atacadas em breve vamos apontá-las, até o dia 24 de fevereiro, vamos abordar as questões mais polêmicas e vamos explicar como deve ser feitos os recursos.
Até lá
No meu artigo:http://www.osabetudo.com/exame-da-oab-2010-3-primeiras-impressoes/ temos mais de 200 comentários do Brasil inteiro, lá você encontra várias teses para recursos, criou-se um bate papo muito interessante, agradeço a todos por visitar meu artigo, muito obrigado e você que ainda não leu é só clicar acima, tenho certeza que você vai dizer “Ele tem razão essa questão está incorreta” Assim a FGV terá milhares de recurso na mesma questão logo será cancelada, pelo amor de Deus não estamos falando em cópia de Recurso, pois isso é motivo de cancelamento do seu recurso, estamos falando em teses



Comente o seu ponto de vista esse espaço é seu abuse e use.

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

EXAME DA OAB 2010.3 PRIMEIRAS IMPRESSÕES

Bom pessoal,

Novamente as reclamações dos examinandos sobre o tempo, a prova extensa e com questões confusas, as reclamações de rotina  a maior parte com fundamento.

Mas temos que aguardar até o momento não é possível comentar sobre as questões, conversamos com alguns examinandos na porta da faculdade, a maioria bastante abalados, alguns chorando, um cena triste, mas teve alguns que sairam contente da sala estavam confiantes, uma examinanda bem calma nos informou que a prova não estava difícil estava apenas confusa, mas com calma tinha como encontrar a resposta correta.

Enfim, esse comentário infelizmente veio da minoria, mas temos que aguardar a divulgação da prova, para comentarmos sobre os absurdos cometidos, que nós esperamos que não ocorra dessa vez.

Calma, é a palavra de ordem, você não tem como resolver nada agora, descanse meu caro, seja o que Deus quiser, essa frase é um eufemismo mas ajuda não entrar em desespero nesse momento crítico, vamos esperar é o que nós resta.

Lembre-se, você fez o melhor, agora só aguardar para ver o resultado, fique atento para recorrer de alguma questão.

Então galera, vamos usar esse espaço para discutir sobre a prova, vamos abordar sobre as questões mais polêmicas do exame, assim podemos fazer uma corrente para ela ser cancelada, pois há uma informação que anda pelos corredores de vários cursinhos da qual acreditamos, a OAB cancela a questão com o maior número de recurso interposto, assim a questão que tiver o maior número de reclamação será cancelada, essa tese ganha força a cada exame, quando a ordem cancela uma questão sempre é a mais polêmica e a mais críticada, fique atento a esse fato.

Então use esse espaço para trocar informações com os demais colegas, no último exame recebemos mais de 80 comentários sobre recursos e questões passiveis de anulação foi muito interessante, pois ajudava outras pessoas com as teses de recurso, não estamos falande de cópia, pois a ordem cancela ambos recursos.

Vamos comentem sobre a prova, aponte a questão e a prova, para localizar os demais internautas, a união faz a força.

Postagens populares