Total de visualizações de página

GABARITE PROCESSO CIVIL NA OAB

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

EXAME DA OAB 2010.3 PRIMEIRAS IMPRESSÕES

Bom pessoal,

Novamente as reclamações dos examinandos sobre o tempo, a prova extensa e com questões confusas, as reclamações de rotina  a maior parte com fundamento.

Mas temos que aguardar até o momento não é possível comentar sobre as questões, conversamos com alguns examinandos na porta da faculdade, a maioria bastante abalados, alguns chorando, um cena triste, mas teve alguns que sairam contente da sala estavam confiantes, uma examinanda bem calma nos informou que a prova não estava difícil estava apenas confusa, mas com calma tinha como encontrar a resposta correta.

Enfim, esse comentário infelizmente veio da minoria, mas temos que aguardar a divulgação da prova, para comentarmos sobre os absurdos cometidos, que nós esperamos que não ocorra dessa vez.

Calma, é a palavra de ordem, você não tem como resolver nada agora, descanse meu caro, seja o que Deus quiser, essa frase é um eufemismo mas ajuda não entrar em desespero nesse momento crítico, vamos esperar é o que nós resta.

Lembre-se, você fez o melhor, agora só aguardar para ver o resultado, fique atento para recorrer de alguma questão.

Então galera, vamos usar esse espaço para discutir sobre a prova, vamos abordar sobre as questões mais polêmicas do exame, assim podemos fazer uma corrente para ela ser cancelada, pois há uma informação que anda pelos corredores de vários cursinhos da qual acreditamos, a OAB cancela a questão com o maior número de recurso interposto, assim a questão que tiver o maior número de reclamação será cancelada, essa tese ganha força a cada exame, quando a ordem cancela uma questão sempre é a mais polêmica e a mais críticada, fique atento a esse fato.

Então use esse espaço para trocar informações com os demais colegas, no último exame recebemos mais de 80 comentários sobre recursos e questões passiveis de anulação foi muito interessante, pois ajudava outras pessoas com as teses de recurso, não estamos falande de cópia, pois a ordem cancela ambos recursos.

Vamos comentem sobre a prova, aponte a questão e a prova, para localizar os demais internautas, a união faz a força.

50 comentários:

  1. Prova Amarela

    Questão-84: Nos Autos de uma ação de divórcio...
    A FGV considerou que o imposto a ser cobrado é o ITCMD, todavia esta imposto somente é cobrado "causa mortis", sabendo que os ex-conjuges não esão mortos o imposto a ser cobrado é o ITBI. Questão passivel de anulação.

    Questão-69: Relativamente à alteração do contrato de trabalho, é correto afirmar que:
    A FGV considerou que para transferencia do empregado com cargo de confiança, ou, estando explicito ou implicito a transferencia no contrado de trabalho, não necessita da comprovação da necessidade do serviço.
    Sendo assim, contrariou totalmente o Art. 469, paragrafu 1 da CLT, bem como Súmula 43 do TST, que se referem a exceção a regra, exigindo que se comprove a necessidade do serviço.

    Espero ter ajudado.

    ABS.

    Rogério

    ResponderExcluir
  2. A questão 100 da prova amarela a FGV colocou o item D como correto sendo que de acordo com o art.18 do CDC a opção correta seria a opção B.

    ResponderExcluir
  3. Prova Branca

    Questão 12: Ricardo, buscando evitar um atropelamento...
    Alternativa correta: praticou um ato ilícito e deverá...
    Fundamento legal: art. 186, CC.

    Pelo gabarito da FGV: responderá pela reparação do dano, apesar...

    Questão 42: A lei das sociedades por Ações estabelece...
    Alternativa correta: a única obrigação...
    Fundamento legal: art. 106, lei 6406/76

    Pelo gabarito da FGV: somente nas companhias fechadas é que todos os administradores...

    Questão 55: Ao concluir o curso de Engenharia, Arli...
    Alternativa correta: praticou crime de falsificação de documento público.
    Fundamento legal: art. 297, caput e § 2º do CP.

    Pelo gabarito da FGV: ñ praticou crime algum.

    Questão 72: Relativamente à alteração do contrato de trabalho...
    Alternativa correta: o empregador pode, sem a anuencia do empregado cujo contrato tenha como condição, implícita ou explicita...
    Fundamento legal: CLT, art. 469, §1º, CLT.

    Pelo gabarito da FGV: o empregado pode, sem a anuencia do empregado exercente de cargo de confiança, transferi-lo, ....

    Questão 78: Determinada turma do Tribunal Superior do Trabalho não conheceu de recurso....
    Alternativa correta: Tribunal Regional do Trabalho, em recurso ordinário,...próprio Tribunal Regional do Trabalho.
    Também pode ser aceita a alternativa “Tribunal Superior do Trabalho, que ñ conheceu do recurso de revista, ...seção especializada em dissidios individuais do proprio TST”.
    Fundamento legal: CLT, art. 678, I, c, item 2.

    Pelo gabarito da FGV: Tribunal Superior do Trabalho, que ñ conheceu do recurso de revista, ...seção especializada em dissidios individuais do proprio TST.

    Questão 94: Em sua primeira viagem com seu carro zero quilômetro, Joaquim...
    Alternativa correta: propositura de ação de responsabilidade civil pelo vicio do produto...
    Fundamento legal: art.18, CDC

    Pelo gabarito da FGV: propositura de ação de responsabilidade civil pelo fato ... fabricante do veiculo.


    QUANTO MAIS QUESTÕES PUDEREM SER ANULADAS MELHOR, MAIS OPORTUNIDADE P/ QUEM FICOU PRÓXIMO DE ACERTAR AS 50 QUESTÕES.
    POR FAVOR, COMENTEM AS QUESTÕES

    erikaaveras@gmail.com
    João Pessoa/PB

    ResponderExcluir
  4. A questão em que...

    RONALDO TRAFEGAVA COM SEU CARRO ... sendo a ação contra a fazenda publica, A FGV ASSINALOU COMO CORRETA a questão que fala sobre o DUPLO GRAU DE JURISDIÇÃO, porém sendo o valor do concerto de 2500,00, não seria aplicado o 475, paragrafo 4º do CPC?
    poderia ser anulada esta questão?

    ResponderExcluir
  5. Prova amarela

    Questão 36: De acordo com a Constituição da República, são inalistáveis e inelegíveis:

    Pelo gabarito da FGV: Somente os estrangeiros e os conscritos.

    Alternativa correta: os estrangeiros, os analfabetos e os conscritos- Fundamento Legal:Artigo 14 parágrafo 2º e 4º da CF

    ResponderExcluir
  6. É tão chato SEMPRE ter tanta polêmica... quando será que conseguiremos fazer uma prova 'justa' e 'limpa'? Isso desestimula e desacredita os candidatos... também gostaria que muitas das questões fossem anuladas, até mesmo porque algumas das citadas acima, realmente são passíveis d anulação, mas a discricionariedade da OAB viola o concreto...enfim...Boa sorte p/todos!

    ResponderExcluir
  7. Até quando iremos ficar reféns dessa organização, é um absurdo, vc passar árduos 5 anos de sua vida na faculdade e ser obrigado a fazer provas desse tipo para exercer sua profissão,que é um direito seu,ou seja, somente para que haja arrecadações absurdas que no meu ver é ilícita, é o maior valor cobrado para realização de uma prova. Nem a inscrição para ingresso na magistratura é tão caro como da OAB.
    Fiz 48 pontos nessa última prova...
    Algumas questões realmente não tem sentido a resposta uma vez que confronta com a própria lei. Caso não haja cancelamentos de questões que eleve minha pontuação para 50 irei pedir por liminar e provar na lei que a resposta estava correta.
    Pessoal, vamos nos unir, vamos fazer um movimento para acabar com essa palhaçada....

    Roberto A.

    ResponderExcluir
  8. As questões, no caderno amarelo, 36 e 69 estão manifestamente erradas.

    Vejamos:

    36) De acordo com a Constituição Federal, são inalistáveis e inelegíveis:

    Resposta do gabarito: b) somente os estrangeiros e os conscritos.

    Entretanto, o texto de lei diz que são os analfabetos, estrangeiros e conscritos.

    Fundamento legal: artigo 14, §2º e §4º, do Constituição Federal.

    "Art. 14 - A soberania popular será exercida pelo sufrágio universal e pelo voto direto e secreto, com valor igual para todos, e, nos termos da lei, mediante: (...)
    § 2º - Não podem alistar-se como eleitores os estrangeiros e, durante o período do serviço militar obrigatório, os conscritos. (...)
    § 4º - São inelegíveis os inalistáveis E OS ANALFABETOS." (grifado)

    Resposta certa: a) os estrangeiros, os analfabetos e os conscritos.

    69) Relativamente à alteração do contrato de trabalho, é correto afirmar que

    Resposta do gabarito: o empregador pode, sem a anuência do empregado exercente de cargo de confiança, transferi-lo, com mudança de domicílio, para localidade diversa da que resultar do contrato, independentemente de real necessidade de serviço. (grifado)

    Em que pese o artigo 469, §1º, primeira parte, da CLT, dispor no sentido de haver a possibilidade de transferência dos empregados que exerçam cargos de confiança, sem a sua anuência, para localidade diversa da que resultar do contrato, o Enunciado de Súmula de nº. 43, do TST, é no sentido de que é abusiva a transferência de que trata o § 1º do dispositivo supra, sem comprovação da necessidade do serviço.

    De outro lado, a segunda parte do §1º do mesmo artigo 469, da CLT, dispõe que o empregador pode, sem a anuência do empregado cujo contrato tenha como condição, implícita ou explícita, transferi-lo, com mudança de domicílio, para localidade diversa da que resultar do contrato, no caso de real necessidade do serviço.

    Fundamentos legais: artigo 469, §1º, da CLT, e Enunciado de Súmula de nº. 43, do TST.

    "Art. 469 – Ao empregador é vedado transferir o empregado, sem a sua anuência, para localidade diversa da que resultar do contrato, não se considerando transferência a que não acarretar necessariamente a mudança do seu domicílio.
    § 1º – Não estão compreendidos na proibição deste artigo os empregados que exerçam cargos de confiança e aqueles cujos contratos tenham como condição, implícita ou explícita, a transferência, quando esta decorra de real necessidade de serviço." (grifado)


    "TST Enunciado nº 43 - RA 41/1973, DJ 14.06.1973 - Mantida - Res. 121/2003, DJ 19, 20 e 21.11.2003
    Transferência - Necessidade do Serviço
    Presume-se abusiva a transferência de que trata o § 1º do Art. 469 da CLT, sem comprovação da necessidade do serviço". (grifado).

    Resposta certa: a) o empregador pode, sem a anuência do empregado cujo contrato tenha como condição, implícita ou explícita, transferi-lo, com mudança de domicílio, para localidade diversa da que resultar do contrato, no caso de real necessidade do serviço.

    ResponderExcluir
  9. É pessoal, fiz 49 pontos e, diante de tanta polêmica, ainda estou com esperanças. Ocorre que não adianta ficar esperando a FGV retificar o gabarito. Temos que entrar com recurso! Não se garanta que se vc não fizer outro irá fazer! Caso alguem tenha alcançado a pontuação de 46, ainda há esperança!!! Abraço a todos!!!

    ResponderExcluir
  10. Pessoal, acho que o erro quanto à questão dos inalistáveis e os inelegíveis é em outro aspecto.
    Pelo o que vcs podem perceber, os analfabetos são alistáveis sim. Eles só não inelegíveis.
    O problema das questão são os conscritos.
    Leiam o § 2° do artigo 14 da CF que vcs irão concluir que há uma ressalva ao inalistamento dos conscritos.
    Ou seja, eles são alistáveis. Somente no período de serviço militar obrigatório que não.
    Desse modo, inalistáveis totalmente só os estrangeiros são!!!!

    ResponderExcluir
  11. OI COLEGAS,

    FIZ 48 PONTOS E JÁ RELACIONEI 07 (SETE) QUESTÕES PASSÍVEIS DE RECURSO. PARA QUE TENHAMOS ÊXITO É NECESSÁRIO QUE TODOS APRESENTEM RECURSOS, NÃO VAMOS NOS CONTENTAR QUE OUTROS FARÃO POR NÓS. TUDO VAI DAR CERTO E NÓS VAMOS CONSEGUIR. BOA SORTE!

    ResponderExcluir
  12. Prova Amarela

    Acredito que as questões 69 e 84 deveriam ser anuladas.

    Questão 69: " Relativamente à alteração do contrato (...) afirmar que "

    Entendo que essa questão é passível de anulação, pois o empregador não pode transferir seu empregado de domicílio sem comprovar a real necessidade de mudança. Desse modo não haveria alternativa correta.

    Questão 84: " Nos autos de uma ação (...) partilha."

    A alternativa apresentada como correta pela OAB é a de letra "c" - " O tributo a ser recolhido será o ITCMD (...) R$10.000,00. " - todavia, o imposto que deveria ser cobrado pela transferência dos bens seria o ITBI, tendo em vista que os ex cônjuges estavam vivos durante o processo de partilha. O imposto de transmissão "causa mortis" é cobrado apenas após a morte de uma/ou das partes, não sendo essa a alternativa mais adequada. Desse modo, esta questão deveria ser anulada.


    Em relação às questões 36 e 100 gostaria de dar um palpite.

    Questão 36: " De acordo com a Constituição (...) inalistáveis e inelegíveis "

    A alternativa apresentada pela OAB como correta é a letra "b" - "somente os estrangeiros e os conscritos" - acredito que esteja correta a indicação pois os analfabetos apesar de serem inelegíveis são alistáveis, ou seja, não podem concorrer às eleições, mas tem a faculdade de se alistar e votar, de acordo com o art. 14, §1º, II, a) CF.
    Já os estrangeiros e os conscritos são os únicos que ao mesmo tempo se encaixariam na posição de inalistáveis e inelegíveis, como dispõe o art. 14, §2º e §3º da CF.

    Questão 100: " Em sua primeira viagem (...) providências cabíveis? "

    Entendo que a alternativa "d", indicada pela OAB, está correta, pois no caso exposto o problema apresentado pelo automóvel é defeito de fábrica caracterizado pelo CDC como fato do produto e quem será responsabilizado pelo dano causado ao consumidor é o fornecedor, como dispõe o art. 12 do diploma legal ora referido.


    Enfim, essa é a minha opinião, espero que a OAB reveja suas questões para tornar seu gabarito justo e correto.

    E que a próxima prova seja menos cansativa e confusa!!!

    Boa sorte à todos!

    ResponderExcluir
  13. vamo entrar com recurso e garantir nossos direitos..

    ResponderExcluir
  14. Caros Colegas.. a questão 95 do caderno verde que fala que do vicio do produto em que a ação pode ser proposta de forma subsidiária (o que não foi considerado) é uma das mais absurdas e descaradas no equivoco.. então vamos enviar os recursos, não se acomodem esperando que outros enviaram, nessas horas a união que faz toda diferença, vamos fazer cada um a sua parte, pois a oab só anula as questões com maiores numeros de recursos interpostos. Nos vamos conseguir.. ;)

    ResponderExcluir
  15. Caros colegas.. nos cumprimos nosso dever de fazer o curso de graduação e conclui-lo para só então poder nos submeter ao exame de ordem dos advogados, mediante o pagamento da singela taxa de “200 reais” e assim poder exercer de forma plena nossa profissão, e é triste quando constatamos que não a uma contraprestação nessa relação, porque a sensação que se tem é a de que só o bacharel tem deveres nisso tudo, enquanto o certo seria a Oab no minímo cumprir o que cabe a ela também, relativamente ao que se compromete no edital, ou para oab isso não vale? será que só nos temos obrigações nisso tudo?!

    ResponderExcluir
  16. pessoal é prova esta uma bagunça....além das questões dobre direitos humanos que não foram aplicadas, existem varias passiveis de anulação!!!
    vamos recorrer, cada um faz sua parte que teremos sucesso!!!...

    ResponderExcluir
  17. Fiz 48 pontos e estou com esperança, pois as contradições entre o gabarito da FGV e as correções que acompanhei até agora por cursinhos especializados são gritantes...

    ResponderExcluir
  18. Caros Colegas.. todos que ficaram por poucas questões tem chance sim.... pois só depende da anulação e isso é possível, já que tem varias questões mau formuladas como no caso da questão 95 do caderno verde que fala que do vicio do produto em que a ação pode ser proposta de forma subsidiária (o que não foi considerado) é uma das mais absurdas e descaradas no equivoco.. então vamos enviar os recursos (entre os dias 25 e 28 de fevereiro é o prazo para interpor no site da FGV) não se acomodem esperando que outros enviaram, nessas horas a união que faz toda diferença, vamos fazer cada um a sua parte, pois a oab só anula as questões com maiores numeros de recursos interpostos. O recurso pode ser elaborado de forma simples, basta indicar as quetões e os dispositivos que tal acertativa contraria, vamos lá.. nos vamos conseguir.. ;)

    ResponderExcluir
  19. Pessoal vi no gabarito extra oficial do Damasio o prof corrigindo as questoes e referente à questao da embriaguez e carteira de habilitaçao vencida, o prof deu como correta a alternativa que dizia q responderia pelos 2 crimes... e segundo o gabarito da FGV somente responderia pela embriaguez, tendo em vista a habilitaçao vencida ser questao administrativa... alguem viu esse gabarito??? Sera que podemos recorrer dessa questao??

    ResponderExcluir
  20. O cabrunco do Judiciário não corrige prova de concurso sob o argumento de uma súmula que deixa prosperar a impunidade aos entes que cometem ilícito nos concursos públicos colocando questões pífias, ignóbeis, extraterrestres.

    Agora é todo MUNDO RECURSAR PARA OS 5 PONTOS SEREM DISTRIBUIDOS A TODOS OS CANDIDATOS. OU ENTÃO VAMOS PEDIR AO LULA PARA TOMAR O PRÊMIO DADO AO PRESIDENTE DO CONSELHO FEDERAL DA OAB.

    VAMOS FAZER UM TUITAÇO


    Assinado LAMPIÃO - Salvador-BA

    ResponderExcluir
  21. OLÁ AMIGOS, BOA TARDE!

    FIZ 48 PONTOS E ESTOU MUITO CONFIANTE QUE PELO MENOS 2 QUESTÕES SERÃO ANULADAS, PORÉM, PEÇO A TODOS QUE INTERPONHAM SEUS RECURSOS.
    ACREDITO QUE,QUEM TENHA FEITO ATÉ 46 PONTOS TAMBÉM CONSEGUIRÁ APROVAÇÃO.
    HÁ UM NÚMERO MUITO GRANDE DE QUESTÕES PASSÍVEIS DE ANULAÇÃO, MAS SABEMOS QUE A OAB SÓ ANULA AS QUESTÕES QUE TÊEM O MAIOR NÚMERO DE RECURSOS, ENTÃO COMO DISSE ANÔNIMO ACIMA, VAMOS RECORRER E TER FÉ QUE DESSA VEZ VAI.AMÉM!!!!!

    ResponderExcluir
  22. Fiz 47 pontos e agora faço cursinho ou ñ?

    ResponderExcluir
  23. TO COM 49... COMO FAZ O RECURSO???
    COMEÇO OU NAO O CURSINHO??

    ResponderExcluir
  24. como fazer o recurso???
    fiz 48 nesta prova totalmente confusa.. tem pelo menos 5 a serem anuladas, das quais 2 pontos eu consigo. como fazer o recurso?

    ResponderExcluir
  25. prezados,minha prova é a verde e constam 08 questoes passivas de recurso,trata-se de um verdadeiro absurdo.fiz 49 pontos e terei que aguardar a discricionariedade da OAB para isso...aff....é um absurdo.... as questões são 27-55-57-58-66-82-94-95...

    ResponderExcluir
  26. TAMBÉM FIZ 49 E TAMBÉM VOU ENTRAR COM RECURSO!!!

    P QUEM ESTA NESTA MESMA SITUAÇÃO COMO TODOS NÓS, ENTÃO VAMOS ENVIAR OS RECURSOS NOS DIAS 25 A 28 DE FEVEREIRO NO SITE DA FGV (não se acomodem esperando pelos outros!)

    O recurso pode ser elaborado de forma simples, basta indicar as quetões e os dispositivos que tal acertativa contraria.

    CONTO COM VOCê E VÁRIAS OUTRAS PESSOAS TBM

    erikaaveras@gmail.com
    João Pessoa/PB

    ResponderExcluir
  27. Fiz 47 pontos e estou com vcs também!Vamos lá galera vamos recorrer mesmo!

    ResponderExcluir
  28. A minha prova é do tipo amarela.Quais questões posso recorrer???
    Me ajudem por favor!

    ResponderExcluir
  29. fiz 47 pontos, e minha prova é a do tipo verde. Quais questões posso recorrer?
    Espero alguma ajuda dos meus colegas!

    ResponderExcluir
  30. Pessoal esta havendo um abaixo assinado, entrem e assinem também...

    precisamos acabar com essa pouca vergonha...

    http://www.abaixoassinado.org/assinaturas/assinar/8237

    valeu força...

    ResponderExcluir
  31. Acredito que quando todos os prejudicados,isto é todos os candidatos aprovados ou não, revendicarem seus direitos, os que aprenderam 5 anos na faculdade, esse quadro ira mudar, pois é um absurso o que é imposto goela abaixo por pessoas que conhecem tão bem o "direito", a nós que estamos começando a conhecelo, essas atitudes de atropelar os direitos do cidadão é o reflexo do pais em que vivemos.

    ResponderExcluir
  32. Pessoal, Quem acertou até 46 questões vale a pena recorrer e começar estudar essa prova está eivada de nulidade em várias matérias acredito que no minímo 4 questões serão anuladas.

    Boa sorte a todos

    ResponderExcluir
  33. Pessoal,

    As questões das provas são iguais só mudam os numeros. Sei que da um trabalho mas se realmente vc quer passar logo p 2ª fase vale a pena. Tem que ler o enunciado e procurar na sua prova qual é a questão que se refere.

    O 3º comentário deste blog discrimina a maioria das questões que estão em discursão e são passíveis de recurso.

    Divulguem para o maior numero de pessoas, já que a OAB só anulam questões que tiveram muitos recursos.

    ResponderExcluir
  34. Se atentem para a PROVA BRANCA - TIPO 1

    além de estar errado a opção do gabarito, a questão 72, na opção A, parece ter um erro de digitação.
    "(A) é considerada alteração unilateral vedada em lei a determinação "AO" empregador para que o empregado..."
    No lugar do "ao", creio que seja "do".

    ResponderExcluir
  35. O correto seria que as questões equivocadas sejam anuladas independentemente de qualquer recurso. É obrigação a anulação de tais equívocos!!!!

    ResponderExcluir
  36. NO QUE TANGE À QUESTÃO DE Nº 48, CONFORME ESTABELECE O CÓDIGO DE ÉTICA E DISCIPLINA DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL, EM SEU ARTIGO 28 § 3º PRECEITUA:
    Art. 28. O advogado pode anunciar os seus serviços profissionais, individual ou
    coletivamente, com discrição e moderação, para finalidade exclusivamente informativa,
    vedada a divulgação em conjunto com outra atividade.
    ....
    §3º Correspondências, comunicados e publicações, versando sobre constituição,
    colaboração, composição e qualificação de componentes de escritório e especificação de
    especialidades profissionais, bem como boletins informativos e comentários sobre
    legislação, somente podem ser fornecidos a colegas, clientes, ou pessoas que os solicitem
    ou os autorizem previamente. (grifo nosso)

    É de se notar que na questão apresentada, é de se entender que se alguém está no semáforo entregando folhetos, aquele que o receber, não o solicitou tampouco o autorizou.
    Também fica nítido que o público-alvo não eram somente os clientes do escritório, pois ao abordar os condutores dos veículos, não perguntam-lhes se são ou não clientes do referido escritório para entregar tal panfleto, não caracterizando desta forma como “meio adequado de publicidade quando o público-alvo são clientes do escritório”, deve-se interpretar stricto sensu a expressão “clientes do escritório”.

    Portanto, das alternativas apresentadas, a que mais se adéqua ao caso é a questão de letra “A”, se trata de publicidade moderada.

    ResponderExcluir
  37. Caros Doutores vamos desde já "exercer" a profissão que tanto almejamos! vamos todos montar nossos vários recursos sobre as questões da qual temos dúvidas. vamos valer nossa opinião. (julio)

    ResponderExcluir
  38. Eu fiquei feliz ao conferir o gabarito extra-oficial do Dogma, mas apos conferir o oficial que realmente esta mto confuso eu de 52 fiquei com 47....e agora quais são relamente as questões passiveis de recurso, devo fazer cursino ou não, meu que dúvida, que agonia, errei muita coisa besta..rs..esse gabarito essa mt confuso!!!!

    ResponderExcluir
  39. E ai galera!

    Seguinte, alguém sabe se existe algum modelo exigido pela FGV para fazermos os recursos?

    Estou pronto para começar a recorrer!!!

    Obrigado.

    ResponderExcluir
  40. Pessoal! Boa notícia pra quem acertou 49 e errou a questão 70 da prova azul: a FGV acabou de retificar o gabarito por erro material. Entrem lá no site e boa sorte!!!!!!

    ResponderExcluir
  41. Pessoal, FGV corrige todos os gabaritos questão de direito do Trabalho, não foi anulada e sim corrigida corre se você acertou mais uma para você.

    ResponderExcluir
  42. Eu já estou confuso com tanta noticia distorcida, voce confere uma gabarito tá dentro, confere outro tá fora, to ficando doido!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  43. Prezados examinados
    Saudações!

    Vejo que a última prova do exame da Ordem esta eivada de diversas questões polêmicas e algumas dele está claro que devem ser anuladas em virtudes de contrariarem as leis em vigor.
    Seguem algumas questões com os devidos diplomas legais para que vocês elaborem os seus recursos e a Comissão determine a anulação destas questões que inclusive são mais de 05.

    No que se diz respeito a prova AZUL na Questão 84 o gabarito preliminar aponta como correta a letra B, porém considero que a letra A é a CORRETA!

    Fundamentação:

    No art. 149, art 150, inciso III CF.,Art. 150 parágrafo 1º CF, art. 153,154,155,156 CF e art. 195 parágrafo 6º CF.

    Leiam o seguinte livro:

    Curso de Direito Tributário de Hugo de Brito Machado
    Pesquisem sobre o Princípio da anualidade e da anterioridade e verão que os impostos poderão ser cobrados imediatamente para ambos impostos, pois a vedação da Constituição Federal não se aplica ao IPI e ao IE


    No tocante a Questão 17 da prova AZUL a letra C foi apontada como a opção correta, porém se analisarmos a letra D também está correta com base no Art. 564 C/C, pois independente de qualquer coisa ele casou com Leila e cumpriu o ônus previsto no Instrumento Particular que previa cláusula de irrevogabilidade por eventual ingratidão.

    Verifiquem: Arts. 555 a 564 C/C

    A Questão 32 é uma questão que está mau formulada.

    Na questão 87 da Prova AZUL a alternativa apontada como correta foi a letra D, porém de acordo com o Art. 74 parágrafo 1º do CPP, Art. 5º,XXXVIII da CF e da Súmula 721 do SFT a opção C também está correta.

    Na questão 76 da Prova AZUL a alternativa apontada como correta é a A, porém considero que a D seria a correta, pois o enunciado da questão mostra que Marcos fez o requerimento dele e além disso mora em outro município.
    A questão também diz que o EMPREGADOR ALEGOU que Marcos nunca fez qualquer requerimento nesse sentido.
    Em se tratando de Direito do Trabalho aplica-se o disposto no art. 818 da CLT e Sumula 212 do TST.

    Cabe também recursos e são passíveis de anulação as seguintes questões da prova AZUL:

    88, 96, 98 e 100

    Verificar a questão 32,

    No que se diz respeito a questão 74 da prova azul de acordo com a Lei 5.889/73 o seu artigo 7º diz:
    Art. 7º - Para os efeitos desta Lei, considera-se trabalho noturno o executado entre as vinte e uma horas de um dia e as cinco horas do dia seguinte, na lavoura, e entre as vinte horas de um dia e as quatro horas do dia seguinte, na atividade pecuária.
    Parágrafo único. Todo trabalho noturno será acrescido de 25% (vinte e cinco por cento) sobre a remuneração normal.
    O horário evidenciado na questão é das 11h ás 21h logo deixa claro de 11h (da manhã) as 21h.

    ResponderExcluir
  44. QUERIDOS !!! NAO SOU CONTRA O EXAME DA ORDEM NAO!!! MAIS AS PESSOAS QUE DEVERIAM ESTAR NA RESPONSABILIDADE DE FAZER O EXAME, TERIAM QUE TER QUALIFICAÇÃO E SEREM MAIS RESPONSÁVEL. POIS O EXAME É VEXATÓRIO,SAO PROFICIONAIS QUE VIVEM PRA ISSO E COMETEM ESSAS INJÚRIAS TRAZENDO MAL ESTAR A MASSA DO DIREITO, ELES SAO PAGOS PARA TRAZER ATÉ NÓS UMA PROVA COERENTE, MAIS TEDEM A FAZER UM TERRORISMO PSICOLOGICO QUE ACHO QUE ATÉ CAUSA PRAZER... VAMOS LEVAR A SÉRIO ISSO GENTE TOMEM VERGONHA NA CARA DE PAL DE VOÇÊS, VOÇÊS TEEM TODO TEMPO DO MUNDO PRA CORRIGIREM A PROVA ANTES MESMO DELA SER APLICADA. VAI AÍ O MEU DESCONTENTAMENTO JAIRO MOREIRA JANUARIO RIO VERDE GO

    ResponderExcluir
  45. Galera vamos recorrer, so assim teremos força para cancelar algumas questoes, nao espere que só os outros recorram, recorra voce tambem, fazendo nossa parte, unidos venceremos este fantasma que nos arrodeia.

    ResponderExcluir
  46. Vamos recorrer mesmo futuros colegas de profissão!!! Essa prova está sendo absurda, cheia de erros e muita maldade por parte da FGV. Sinceramente, começo a desanimar tanto com essa profissão.Boa sorte a todos!!

    ResponderExcluir
  47. Estou cansada de tantos comentários e depois não dá em nada - a fgv não anula nada - sei que todos estão desabafando - mais qd isso vai acabar? nunca!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  48. Pessoal, já saiu o resultado dos recursos. Apenas 1 questão 94 da prova branca. Vejam no site da FGV!!!

    ResponderExcluir
  49. Qual tem ideia de como sera a segunda etapa em Trabalho? Será que vai longa e cansativa como no exame passado???
    Qualpeça será que vão exigir dessa vez???

    ResponderExcluir
  50. Palhaçada,essa OAB não foge dos padrões brasileiros perdido na corrupção e privilégios para os seus, vocês viram a máfia das lombadas, tem filmado a corrupção e eles negam tudo....muitos advogados neste meio?????Será???
    A OAB é igualzinha,não dá as questões de D.Humanos e diz que exigiu sim, não respeita provimento descaradamente mas fala que respeita.....rsrsrsrsrsr
    pior, fundamenta os recursos com tantos argumentos que acha que nos engana....
    Se suas alternativas estivessem corretas não precisaria tanta fundamentação, é mostrar o artigo correto e ponto.....agora fundamentar prova objetiva com doutrina é dose.......é coisa de advogado mesmo, nós já temos é uma aula de como tentar enrolar a justiça sempre começando pelo artigo 5º da Constituição, afinal lá tem tudo, então começe por lá......rsrsrrsr
    OAB, nos ensina que não precisamos ter tanta ética assim, justiça fica por conta dos valores de cada um, mas ética fica por conta do mais lucrativo, se der azar e cair em alguma operação da PF aí ferrou, mas vale a pena arriscar....
    essa é nossa lição de casa... a escolha é sua...
    OAB .... vergonha!!!!!!

    ResponderExcluir

Postagens populares